Carlos Sinogas

(sinogas@uevora.pt)

VIROLOGIA

2020/2021

PÁGINA PRINCIPAL

SUMÁRIOS

AVALIAÇÃO

 

INTRODUÇÃO

O estudo dos vírus constitui, desde há alguns tempos a esta parte, a mais significativa base da maior parte do aumento do moderno conhecimento científico nas áreas da Biologia, em que se incluem em geral a Biologia Molecular e a Genética e em particular as aplicações das Ciências da Vida.

Os vírus são, ainda, as mais pequenas entidades biológicas a que se pode atribuir um "plano de vida". São pouco mais que material genético que consegue preservar-se quase sempre iludindo as estratégias defensivas dos hospedeiros que usam para se propagar. A importância científica do seu estudo reside em dois pontos principais: no aumento do conhecimento da forma como utilizam os recursos energéticos das células que utilizam como hospedeiros e no esclarecimento de muitos dos mecanismos biológicos dos hospedeiros que utilizam ou têm de contornar para se poderem preservar como entidades biológicas autónomas. As modernas biotecnologias incluem em grande medida o uso de agentes virais, seja diretamente e como tal ou o seu material genético isolado, seja tirando partido dos conhecimentos que o seu estudo tem permitido, em especial das suas estratégias moleculares de sobrevivência.

Além de um interesse científico óbvio, as doenças causadas por vírus contribuem de forma significativa para a morbilidade e mortalidade de muitas espécies vivas, com particular realce para o seu impacto em muitas das atividades económicas e industrializadas da sociedade atual.

 

OBJECTIVOS PROGRAMÁTICOS

É objetivo primeiro do ensino da disciplina de Virologia, sensibilizar os estudantes das áreas Biológicas para os conceitos básicos envolvidos na biologia molecular destes organismos sub-microscópicos, de forma a dotar os futuros licenciados de ferramentas que lhes permitam compreender algumas das questões práticas e mediáticas com que são quase diariamente confrontados. Referenciem-se, como exemplos, os problemas relacionados com a SIDA ou a febre aftosa, as Pestes Sunas e Equinas, a transgénese de plantas por infeções de vírus recombinantes ou as BSE e vCJD.

No âmbito do ensino teórico, pretende-se promover a discussão das bases biológicas e moleculares que permitem compreender o funcionamento e justificar a existência de vírus, abordando aspetos fundamentais da taxonomia e da sistemática dos agentes virais, com referência específica e nominal aos vírus mais significativos.

Com a abordagem das tecnologias de manipulação laboratorial de vírus de procariotas pretende-se fornecer aos estudantes as ferramentas e procedimentos práticos genericamente aplicáveis a estas "entidades vivas" não visualizáveis, pelo uso de material biológico de baixo risco de contaminação para o operador e para o ambiente.

 

Docente responsável

Carlos Sinogas

 

CALENDÁRIO

Ficha UC – 4 H semanais (2T + 2 PL)

Teóricas (ZOOM) – Terça-feira 20:00/22:00

https://videoconf-colibri.zoom.us/j/84162239311?pwd=UkFHekMrdWdHZHBVZGJaZTVTTDlhZz09

ID da reunião: 841 6223 9311

Senha de acesso: 192338

 

AVALIAÇÃO

Critérios

Teórica (80%) - Provas escritas (avaliação contínua - 2 frequências ou exame final)

Trabalho inventivo (20%) – Proposta de um novo vírus a apresentar em formato de poster

 

Todas as componentes requerem avaliação positiva.

DATAS DOS Atos de avaliação

 

Ato de avaliação

Data

Hora

Sala

Observações

Frequência 1

19/4

20:00

 

Frequência 2

Exame final

5/7

11:00

 

Apresentação dos posters (até)

30/6

Até às 24:00

 

Exame de recurso

21/7

11:00

 

 

PROGRAMA TEÓRICO

Introdução

 

Virologia Geral e Molecular

·       Conceito de vírus e partícula viral

·       Genomas virais (DNA, RNA)

·       Proteínas estruturais e não estruturais

·       O envelope lipídico

·       Estratégias de replicação. Regulação da expressão genética

Classificação e sistemática

·       Princípios taxonómicos

·       Principais famílias de vírus

Infeção viral e agentes infeciosos

·       Vírus de animais

·       Vírus de procariotas

·       Vírus de plantas

·       Agentes patogénicos subvirais

·       Relação vírus / célula (hospedeiro)

Imunologia das infeções virais

·       Resposta imune natural (interferes)

·       Estratégias de escape dos vírus

·       Resposta imune adaptativa. Memória imunológica

Epidemiologia das infeções virais

·       Patogénese e transmissão das infeções virais

·       Vírus e cancro

·       Modelos de propagação. Reservatórios virais

Tratamento e prevenção de viroses

·       Imunoterapia

·       Drogas antivirais

·       Vacinação antiviral

Métodos de diagnóstico

·       Deteção imunológica

·       Deteção de marcadores virais

·       Técnicas de amplificação genética

Aplicações tecnológicas de vírus

·       Terapia genética

·       Clonagem molecular

·       Transgénese

Avaliação e conclusões

 

PROGRAMA PRÁTICO

 

Preparação de suspensão viral de alto título

21/abr

22/abr

23/abr

28/abr

29/abr

30/abr

Isolamento de placa viral

05/mai

06/mai

07/mai

12/mai

13/mai

14/mai

Titulação de suspensão de bacteriófagos – formação de placas

19/mai

20/mai

21/mai

26/mai

27/mai

28/mai

Curva de crescimento viral (TP)

02/jun

03/jun

04/jun

09/jun

10/jun

11/jun

 

Bibliografia

·       Howley P.M., Knipe D.M., Whelan S. (2021). FIELDS VIROLOGY, VOLUME 1: EMERGING VIRUS (7th ed.), Wolters Kluwer (ISBN 9781975112547)

·       Flint S.J., Racaniello V.R., Rall G.F., Hatziioannou T. Skalka A.M. (2020). PRINCIPLES OF VIROLOGY, VOLUME 1: MOLECULAR BIOLOGY 5th ed. ASM Press, Washington, USA (ISBN 9781683672845)

·       Flint S.J., Racaniello V.R., Rall G.F., Hatziioannou T. Skalka A.M. (2020). PRINCIPLES OF VIROLOGY, VOLUME 2: PATHOGENESIS AND CONTROL, 5th ed. ASM Press, Washington, USA (ISBN 9781683672852)

·       Carter J.B., Saunders V.A. (2013). VIROLOGY: PRINCIPLES AND APPLICATIONS, 2nd ed. John Wiley & Sons, UK (ISBN 9781119991434)

·       Loeffelholz M., Hodinka R., Young S., Pinsky B. (2016). CLINICAL VIROLOGY MANUAL, 5th ed. ASM Press, Washington, USA (ISBN 9781555819149)

·       Knipe, D. M, Howley P. M. (2013). FIELDS VIROLOGY, 6th ed., Vol 1 & 2, Lippincott Williams and Wilkins, Philadelphia, USA (ISBN 9781451105636)

·       Ferreira W.F.C., Sousa J.C.F. (2010). MICROBIOLOGIA, volume 3. Lidel, Lisboa. (ISBN: 9789727575152)

·       Sinogas C. (2020). VIROLOGIA. MANUAL DE APOIO ÀS SESSÕES LABORATORIAIS (PDF Online)

Outras leituras

·       Regush, N. (2001). THE VIRUS WITHIN. A COMING EPIDEMIC. Vision Paperbacks, London, UK (ISBN 1901250563)

·       Mims C. (2000). THE WAR WITHIN US. Academic Press, San Diego, USA. (ISBN 0124982514)

·       Crawford, D.H. (2000). THE INVISIBLE ENEMY. A NATURAL HISTORY OF VIRUSES. Oxford University Press, Oxford, UK (ISBN 0198503326)

 

PÁGINA PRINCIPAL

SUMÁRIOS

AVALIAÇÃO